Quais são os tipos de gêmeos?

Escrito por:  Vanézia Alves
Qualifique este item
(12 votos)
Gêmeos
Gêmeos, idênticos ou não?
Normalmente, a primeira pergunta da gestante que carrega gêmeos é se eles são idênticos ou não.

Gêmeos idênticos, ou monozigotos, procedem da fertilização de um mesmo óvulo que posteriormente se divide em dois e dá origem a dois embriões. Nesse caso, os gêmeos compartilham o mesmos DNA. Aproximadamente 25% dos gêmeos idênticos são gêmeos de “imagem de espelho”, ou seja, se um deles é canhoto, o outro escreve com a mão direita, e assim por diante. Gêmeos fraternos, por outro lado, procedem de dois óvulos fertilizados por dois espermatozóides diferentes, assim como irmãos comuns, e eles podem até mesmo ser de sexo diferente. Um tipo muito mais raro de gêmeos é o meio idêntico ou de corpo polar, que ocorre quando um óvulo divide-se em dois antes de fertilização. Cada meio óvulo é então fertilizado por um esperma separado. Estes gêmeos compartilham 75% do DNA.

Propensão

Há mulheres que têm maior propensão a ter gêmeos do que outras. Mulheres maiores do que a média com estrutura óssea mais robusta têm maior probabilidade de terem gêmeos. Também a ocorrência de gêmeos é mais frequente em gestantes acima dos 30 anos de idade ou mulheres que tomaram pílula por muitos anos. Também se a gestante for uma gêmea fraterna as chances de ela ter gêmeos são cinco vezes maiores que as chances de uma mulher comum.